Preciosa correspondência

A história foi a seguinte: o 6º ano da professora Paula Ito leu a obra Desenhos de guerra e de amor.

Gostaram tanto que se sentiram estimulados a escrever ao autor, Flavio de Souza, sugerindo-lhe que pensasse na continuidade da narrativa, ou seja, num Desenhos de guerra e de amor II .
A satisfação de se saber lido, apreciado e motivado em seu trabalho resultou numa resposta coletiva de Flavio de Souza a toda turma. Coisa mais inspiradora, não é?

 

Caros alunos da professora Paula Ito,

 

Muito obrigado por suas cartas, eu recebi e li a carta do Rui, da Raíssa, da Vitória e da Marina, mas sei que o resto da turma também me escreveu.

Fiquei impressionado pelo fato de vocês escreverem tão bem. Infelizmente, isso que deveria ser normal, não é.

 Já recebi outros pedidos para fazer o “Desenhos de Guerra e de Amor 2”, mas nunca tão insistentes! Já comecei a pensar seriamente a convencer as pessoas da companhia das letrinhas a publicar uma continuação desse livro de que eu também gosto muito.

Vou mandar para vocês uma coisa inédita: algumas das ilustrações do livro coloridas! Inclusive uma que eu achava que deveria estar na capa, mas acharam que poderiam pensar que o livro era a favor da guerra, o que vocês que leram sabem que não é verdade, então colocaram uma figura que tivesse a ver com o ônibus escolar.

 Gostaria de pedir um favor para vocês: tenho um canal de YouTube que tem tudo a ver com leitura, com cenas bem engraçadas, outras emocionantes (eu pelo menos acho). 

Gostaria que vocês entrassem para dar uma olhada, e por favor apertem aquele botãozinho onde diz “inscrever-se”, porque quanto mais inscritos, mais fácil é de achar o canal no meio de tantos “Flavios de Souza” que existem por aí. O meu chama “Flavio de Souza – escritor” 

 Meu nome não tem acento. Pelas regras da nossa língua deveria ter, mas não tem.

 Um grande abraço para todos vocês, e muito obrigado professora Paula,

 Flavio de Souza.

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.