Nas cavernas do Rosário

Desenhar, afirmar para o mundo como se percebia a realidade em volta, foi, talvez, o primeiro testemunho do homem. Meio notícia e meio arte.

A mesma coisa sucede às crianças, assim que têm a oportunidade de pôr as mãozinhas num material disponível. Elas aprendem a dominar e desenvolver suas áreas intelectuais e mentais. Só não sabem disso, pensam estar brincando. Adoram ser desafiadas com algo diferente:

Que tal “barbantear” figuras? Que tal desenhar no ” teto” das mesinhas previamente forradas de papel?
E lá vai o Pré I, aproveitando-se de um legado ancestral.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.