Lembretes aos pais e familiares

O Rosário, conhecendo a multiplicidade de situações, acredita que a retomada das aulas pode conter certa preocupação por parte de pais e alunos, sejam novatos ou veteranos. Algo sempre muda: salas, turmas, professores, e mudanças exigem algum cuidado para não serem aflitivas.

Coordenadoras da Casa juntaram umas poucas dicas a fim de auxiliar o adulto no processo inicial das aulas:

1 – É preciso não demonstrar as próprias inseguranças, se houver, diante dos menores, pois eles são como esponjas e absorvem a ansiedade dos pais, de imediato.

2 – Antes de começarem as aulas e mesmo nos primeiros dias, é bom estimular um tratamento delicado e alegre em relação aos professores, aos colegas que estarão presentes, aos espaços e recantos da Escola. Um reforço sobre tudo que poderá ser positivo.

3 – Quanto mais novo em idade e mais novato em relação à Escola, maior a necessidade de ser pontual ao vir buscar os alunos, ao final das aulas. Há crianças que não querem retornar mais, por temer “abandonos”.

4 – Crianças adoram perceber interesse dos pais em relação ao dia que passaram na Escola. Mas, de forma casual, no ritmo espontâneo que elas adotarem. Contem-lhes o que fizeram em casa  ou no trabalho também, durante a ausência delas.

5 – Algumas crianças podem apresentar muita resistência em deixar a casa, os pais, os irmãos. Poderá ser de ajuda mandá-las com algum brinquedo, uma foto da família, um objeto querido que traga o conforto da ligação com a casa.

6 – Cada pequeno indivíduo é único em suas reações, uma surpresa para os familiares. Por isso, é uma aflição para eles quando os pais estabelecem, a título de exemplos, comparações com outras crianças, irmãos e conhecidos. É necessário respeitar o ritmo ” daquele” aluno.

Qualquer dúvida a respeito desses tópicos ou de qualquer outro, entrar em contato com a Coordenação. 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.