A Matemática sorri para nós

Já falamos a respeito antes, mas queremos falar de novo para que as dúvidas sejam dissipadas para todo sempre.

A Matemática em nada mudou sua natureza. Ela, pois, continua a mesma Ciência Exata dos tempos dos bisavós, dos trisavós, dos afonsinhos todos.
Só que vestiu roupagens mais modernas, utilizou-se de técnicas inovadoras, um jeito menos emburrado ao olhar para os alunos dentro das classes. (Se bem que as tradicionais batalhas de tabuada entre as fileiras de uma turma ainda permanecem como uma das experiências mais excitantes para as alas mais conservadoras!)

Agora, contar nos dedos não só vale a pena, como pode ser feito diante dos colegas, com toda a alegria possível!

Uma porção de materiais ganham formatos e tons no intuito de concretizar bem as naturais abstrações da matéria.
Até uma Lousa Digital, muito vívida e com alterações de coloração se apresenta, tornando tudo mais interessante, mais cheio de participação espontânea.

Precisamos de um Brasil mais atuante nas áreas científicas e tecnológicas e, sabemos, simpatias e antipatias em relação ao tema têm origem na infância da aprendizagem.
As turmas dos 2ºs anos e 4ºs anos mostram que a Matemática está sabendo agradar e conquistar corações e mentes!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.