Chuva e corações quentes

O clima do dia junino estava propício a ficar sob os cobertores, mas o grupo de mães e voluntárias, monitoradas pela coordenadora Marlete Scapinelli, responsável pelos trabalhos de Ação Social do Rosário, baixou na Comunidade do Boqueirão, na favela de mesmo nome.

O Centro Comunitário de Serviço de Fortalecimento de Vínculos-Família Dominicana recebeu as moças com imensa satisfação. Lá residem inúmeras famílias em situação de risco e vulnerabilidade social, todas carentes de ações práticas.

Nisso é que os Rosarianos, junto a moradores, vêm se empenhando há bastante tempo. Atualmente, contam com 60 crianças e adolescentes. Tanto elas como os adultos têm à disposição um leque de possibilidades que lhes garantem autonomia e o respeito aos direitos de cidadão, incluindo o apoio técnico de um assistente social e cursos de Teatro, Comunicação, Inclusão Digital, Informática Profissionalizante, Música e Cabeleireiro. Tanto nessas atividades como na Formação de Grupos de Jovens e de Lideranças, priorizam-se o caráter socioeducativo e de boa convivência nas ações.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.